terça-feira, 9 de agosto de 2011

77 - esperanto 2

(Publicada na RIE)

8 comentários:

Anônimo disse...

Gostei!!! :))..Parabéns!
Bjs,
Myrna.

Fernando Maia Jr. disse...

Fera, hehehe! Gostei também.

Fernando Maia Jr. disse...

Wilton, uma pergunta: alguém já se ofereceu para traduzir suas tirinhas para o esperanto? Se não e tiver interesse, contate-me!

Wilton Pontes disse...

Oi Fernando. Já está nos planos traduzir as tirinhas para o Esperanto. Aprendi a falar esta língua maravilhosa e está faltando apenas um tempinho para poder fazer a tradução. Obrigado pelo interesse.

Gxis revido!

Fernando Maia Jr. disse...

Bacana, Wilton! Se quiser ajuda, estamos aí!

Jorge Purgly Taro Online do Astral e Buzios disse...

Saluton Wilton.
Viaj produkajxoj estas tre belaj.
Mi me petas al vi permeson por publiki ilin en miaj blogoj.
Dankon por via respondo pere de mia retposxto jorgepurgly@gmail.com
Mia sociala mapo cxe http://xeeme.com/JorgegPurgly
Samideane via,
Jorge

Anônimo disse...

Legal, mas não entendi muito bem, jpa que hoje em dia Esperanto não é nem um pouco valorizado, e eu mesma nunca conheci alguém que falasse essa língua.

Fernando Maia Jr. disse...

Colega anônimo, na verdade o Esperanto é bastante falado, porém como não está na mídia, e como há a falsa verdade de que o inglês é super falado etc., as pessoas pensam isso quando falamos de língua internacional. O inglês, claro, tem seu domínio, mas olhe para o lado e veja quantos brasileiros falam de fato inglês. Essa mesma situação se repete na China, na Europa, etc. Por outro lado, muito é feito em termos de Esperanto. Uma pequena ideia vc pode ter acompanhando os informativos da Liga Brasileira de Esperanto, que é apenas um prisma deste universo: http://www.esperanto.com.br/bel/ Grande abraço!